Alguém bate à porta.



Ele está batendo à porta. Será ele mesmo? Espio pelo buraco da fechadura e observo do outro lado, e lá está ele arrumado com seus cabelos em gel, um sorriso nervoso, um terno branco e um bouquet de rosas vermelhas e brancas na mão. Mais clichê que isso somente se fosse um bouquet de rosas unicamente vermelhas, mas ele sabe que as rosas vermelhas sozinhas significam paixão e que elas misturadas às brancas significam união e amor puro.

I never thought that you would be the one that to hold my heart, but you came aroud and you knocked me off the ground from the start.

E então ele vem e aparece assim, quase como quem não quer nada, e bate à minha porta num simples gesto de "Deixe-me entrar no seu coração" e eu com a porta trancada pro mundo inteiro. Nem as palavras mais doces me fariam recolocar a chave na fechadura, mas esses olhos.. Esses olhos de quem também ja sofreu e que, se olhar bem ao fundo, é possível ainda enxergar pequenas cicatrizes na alma. Então eu tiro a chave do bolso e a observo, e continuo observando só pra fazer suspense. E por que não tentar? Algumas cicatrizes a mais significariam uma nova história para minha coleção, então entre. Entre porque espero o melhor, entre porque eu acredito, entre porque a verdade é que todos um dia vão te machucar e cabe a você decidir por quem vale a pena sofrer. Então entre.

How can I love when I'm afraid to fall, but watching you stand alone all of my doubt suddenly goes away somehow.

Você, então, vem caminhando e eu novamente lhe paro à porta. Preciso saber que você sabe exatamente onde está entrando. Sou um campo minado, sou confusa e me perco em meus próprios sentimentos mais rápido do que posso sequer saber que estou sentindo. Sou dessas que não precisa de muito, mas quero um pouquinho sempre. Eu prometo dar tanto carinho quanto receber, e mais, e sempre, e sempre mais.

The world is coming down on me, and I can't find a reason to be loved. I never wanna leave you.


Que seja por nossa conta em risco. Somos donos dos nossos próprios atos e unicamente culpados pelas consequências. Vamos curar nossos corações juntos e fazer nossas próprias marcas. Vamos viver e experimentar cada detalhe de forma única, vamos criar e brincar à nossa maneira. Que dure um dia ou uma vida inteira, mas que tenhamos a certeza de ter tentado e a certeza de que seja aquilo que realmente queremos.

One setp closer.






Um comentário:

  1. Que texto maravilhoso! certamente muita gente se identifica com ele *-*. Já estou seguindo o blog.
    Se quiser, me faça uma visita também ;)
    http://sentimentoemprosa.blogspot.com.br/
    beijus!

    ResponderExcluir

Moderadoras

Moderadoras
Sara Carvalho

Isabella Carolina
Tecnologia do Blogger.

Populares

Seguidores